quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Advogado dos Acusados Nega Destruição

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

Detidos no domingo (16), em Asunción, por manipular papéis pertencentes ao arquivo documental da binacional Itaipu em território paraguaio, os funcionários da entidade não estariam destruindo provas, mas, sim, colaborando para encontrá-las, segundo versão do advogado Carlos Monges.

Simplesmente, eles estavam procurando papéis que possam ajudar na investigação de atos de irregularidades ocorridos na binacional”, afirmou Monges, citado pelo Portal Paraguaio de Notícias (PPN) em reportagem publicada na tarde de ontem (18).

Segundo o advogado, os documentos que teriam sido destruídos (40 caixas, conforme declarações do diretor paraguaio de Itaipu, Carlos Mateo Balmelli, à imprensa) corresponderiam a cartões, cópias e papéis sem valor e sem qualquer relação com as investigações que apuram irregularidades na binacional.

Além de Facundo Arévalo Gamba, Guido Palma e Nimio Peralta, um quarto funcionário, identificado como Rubén Agüero, foi detido por ter sido visto em imagens do circuito interno de segurança, carregando caixas juntamente com os acusados. Posteriormente, porém, foi liberado pelos interventores.

Norman Cristaldo, homem de confiança do diretor geral paraguaio e apontado como o autor das autorizações de serviço que permitiram o ingresso de Gamba, Palma e Peralta à sede da entidade, apresentou sua renúncia ainda no domingo (16), tão logo veio à tona o “Caso Queima de Arquivos”.

Patricia González, juíza responsável pelo processo em suas etapas iniciais, concedeu aos três acusados o direito de responder em liberdade, mediante pagamento de fiança, proibição de viagens ao exterior e mudança de domicílio, bem como o comparecimento mensal à sede do Poder Judiciário.

Leia Também...

Itaipu: Funcionários São Presos por Destruir Arquivos

Três funcionários da entidade foram flagrados ao queimar documentos que comprovariam o uso do dinheiro da entidade no financiamento ilegal da campanha do Partido Colorado, caso que atualmente encontra-se sob investigação do Ministério Público paraguaio. Mais...

Itaipu: Reflexos do caso "Queima de Arquivo"

A manhã da segunda-feira (17) foi marcada pelos reflexos do ocorrido no dia anterior nas dependências paraguaias da Itaipu Binacional, episódio durante o qual teriam sido queimadas provas do uso de dinheiro da entidade no financiamento da campanha do Partido Colorado. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.