sábado, 26 de junho de 2010

Paraguai Defende Construção de Ferrovia

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

A mobilização pela inclusão da ferrovia no projeto da segunda ponte sobre o rio Paraná, tal como previsto no memorando original datado de 1992, está mobilizando, também, autoridades e setores produtivos no Paraguai, país que almeja conexão ferroviária com o porto de Paranaguá.

Em boletim publicado nesta sexta-feira (25), a Agência Estadual de Notícias (AEN), do Paraná, compila uma série de manifestações a favor do projeto que visa estender a Ferroeste até Foz do Iguaçu e, através da segunda ponte, conectá-la ao Paraguai, à Argentina e ao Chile, para formação de um corredor bioceânico.

Luis Maria Pereira, vice-ministro paraguaio dos Transportes, apontou que “é de suma importância considerar a possibilidade de incluir o modal ferroviário no projeto da segunda ponte”, que na margem paraguaia do rio Paraná, terá cabeceira na cidade de Presidente Franco.

Pereira informou aos seus pares paranaenses que o governo paraguaio já constituiu uma comissão interministerial para agilizar a ligação ferroviária entre os dois países, e que a retirada da ferrovia da segunda ponte, ocorrida em 2005, a pedido do Brasil, é o ponto mais crítico do projeto.

Por sua vez, Lourdes Bogado, cônsul do Paraguai no Paraná e em Santa Catarina, informou que pretende reunir-se com o governador do Paraná, Orlando Pessuti, “para pedir a ele que se some ao esforço da Ferroeste e se busque a aprovação do projeto da ponte com o modal ferroviário”.

Na opinião da diplomata, a ferrovia na nova ponte será uma “via de transporte importante para a saída dos produtos agrícolas paraguaios, tanto para o Brasil, como para o mundo inteiro, através do Porto de Paranaguá”.

Chico Brasileiro, vice-prefeito de Foz do Iguaçu, apontou que a região sempre percebeu a necessidade de “ter um braço da Ferroeste chegando até Foz e que possa adentrar o Paraguai e formar o corredor bioceânico até o Pacífico”.

Reni Pereira, deputado estadual com domicílio em Foz do Iguaçu, afirmou que incluir o modal ferroviário na segunda ponte “é uma atitude de inteligência do Brasil e do Paraguai porque vai encurtar o tempo e permitir um transporte mais barato e eficiente”.

Leia Também...

Ferrovia na 2ª Ponte Volta a Ser Tema de Estudo

O chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Paraná, Sergio Couri, informou nesta quinta-feira (24), em Curitiba, sobre o encaminhamento para Brasília da proposta de reinclusão da ferrovia no projeto da segunda ponte sobre o rio Paraná. Mais...

Paraguai Cria Comissão para Ferrovia na Fronteira

O governo do Paraguai anunciou, nesta terça-feira (15), a criação de uma comissão interinstitucional para a realização dos estudos de factibilidade para a construção da ferrovia que, conforme o projeto inicial, servirá de via de ligação entre Brasil, Paraguai e Argentina. Mais...

Um comentário:

  1. Gosto muito das matérias de vosso blog mas tenho dificuldade de discernir as datas em que elas foram escritas. Uma pena pois elas perdem o seu valor histórico como é o caso da matéria acima: "Paraguai defende construção de ferrovia". Gratos.

    ResponderExcluir

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.