terça-feira, 29 de junho de 2010

Paraguai Vence Japão e Está Entre os Oito

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

Foi sofrido, intenso. Após 120 minutos de 0 x 0 no placar, o Paraguai conseguiu, nos pênaltis, sua inédita classificação às quartas-de-final de uma Copa do Mundo. Na série decisiva, Komano perdeu para o Japão. Óscar “Tacuara” Cardozo garantiu para a Albirroja.

Melhor durante grande parte da partida, o Paraguai sofreu com a falta de contundência de seus goleadores. O Japão, por sua vez, explorou velocidade e bolas paradas para levar perigo a Justo Villar. Nos instantes finais do tempo regulamentar, mais inteiros em campo, os japoneses dominaram as ações ofensivas.

- Confira como foi o lance a lance no Twitter do Sopa.

Nos dois tempos da prorrogação, paraguaios e japoneses desperdiçaram chances incríveis de converter o gol da vitória. Em bate-rebate na área, Roque Santa Cruz chutou para fora; Édgar Barreto, por cima. Nos últimos suspiros, o Japão encaixou contra-ataque com Tamada e Okazaki e quase marcou.

Já nos pênaltis, predominou a categoria dos batedores da Albirroja. Édgar Barreto, Lucas Barrios e Cristian Riveros marcaram para o Paraguai; Komano desperdiçou o terceiro pênalti japonês. Na sequência, Haedo e Honda marcaram os seus. Na cobrança decisiva, Cardozo não falhou e selou o 5 x 3 para o Paraguai.

Classificado, o Paraguai espera a definição do confronto ibérico entre Portugal e Espanha para conhecer seu adversário do dia 03/07, em Joanesburgo, às 15h30, valendo vaga na semi-final. Independente do resultado, porém, algo é certo: na África do Sul, o Paraguai faz história ao chegar entre os oito.

Cobrança de pênaltis - Paraguai x Japão.

PARAGUAI 0 (5) X (3) 0 JAPÃO

Oitavas-de-final da Copa do Mundo. Estádio: Loftus Versfeld, Pretória. Arbitragem: Jerome Bleeckere (BEL), auxiliado por Peter Hermans (BEL) e Walter Vromans (BEL). Cartões amarelos: Mitsui, Nagatomo, Honda, Endo (JAP) e Riveros (PAR). Gols (pênaltis): Barreto, Endo, Lucas Barrios, Hasebe, Riveros, Valdez, Honda e Cardozo,

Paraguai: Justo Villar, Carlos Bonet, Paulo da Silva, Antolín Alcaraz e Claudio Morel Rodríguez; Néstor Ortigoza (Édgar Barreto), Enrique Vera e Cristian Riveros; Édgar Benítez (Nelson Haedo), Lucas Barrios e Roque Santa Cruz (Óscar “Tacuara” Cardozo). Técnico: Gerardo “Tata” Martino.

Japão: Kawashima, Komano, Nakazawa, Túlio Tanaka e Nagatomo; Abe (Nakamura), Matsui (Okazaki), Endo, Hasebe; Okubo (Tamada) e Honda. Técnico: Takeshi Okada.

Leia Também...

Paraguai Quer Fazer História Contra o Japão

Manhã de grande expectativa no Paraguai, com a contagem regressiva para o jogo de logo mais, a partir das 11h00 (hora brasileira), em que a seleção paraguaia de futebol enfrenta sua homônima do Japão em busca de uma histórica classificação às quartas-de-final. Mais...

Para Jornal do Vaticano, Futebol Nasceu no Paraguai

O futebol é invenção dos índios guaranis e nasceu nos povoados fundados por padres da Companhia de Jesus no atual território do Paraguai, nos séculos XVII e XVIII. É o que afirma um polêmico artigo publicado na edição em espanhol do jornal L'Osservatore Romano. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.