quinta-feira, 24 de junho de 2010

Projeto de Lei Visa Reabrir Estrada do Colono

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

Já está em tramitação na Câmara dos Deputados, em Brasília, um projeto de lei de autoria do deputado paranaense Assis do Couto, prevendo a reabertura da polêmica Estrada do Colono, fechada permanentemente desde 2003, por seus danos ao meio ambiente do Parque Nacional do Iguaçu.

A rodovia (na verdade, um caminho de terra) liga a cidade de Capanema, no sudoeste do Paraná, a Serranópolis do Iguaçu, vizinha a Medianeira. A distância entre ambos pontos é de menos de 20 quilômetros, porém, sem a estrada e com o contorno do parque, torna-se dez vezes maior.

Em seu Projeto de Lei nº 7.123/10, Assis do Couto prega a reabertura sob o nome de “Estrada-Parque Caminho do Colono”, prevendo que a estrada seja pavimentada com blocos de basalto e conte com mecanismos de minimização de impactos sobre fauna e flora do ecossistema protegido.

Ambientalistas alegam, no entanto, que os impactos da Estrada do Colono vão muito além de seus 17,5 quilômetros de extensão e 8,5 metros de largura, criando um divisor contínuo em meio à área intangível do Parque Nacional e trazendo impactos, também, ao rio Iguaçu, mediante uso da balsa.

Organismos internacionais como a UNESCO ameaçaram, em ocasiões anteriores, com a retirada do título de Patrimônio Mundial concedido ao Parque Nacional do Iguaçu, caso a estrada seja reaberta. Representantes do setor turístico da Tríplice Fronteira são contra a reabertura.

Leia Também...

Impasse sobre Estrada do Colono Continua

Um problema que se estende há mais de 20 anos e que parece continuar longe de uma solução foi tema de discussão durante o mês de março no Paraná: a questão da Estrada do Colono, localizada dentro do Parque Nacional do Iguaçu, entre Capanema e Serranópolis. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.