sábado, 14 de agosto de 2010

Brasileiro Pavão Passa Mal em Cadeia do Paraguai

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

Preso no Paraguai desde dezembro de 2009, quando foi capturado em uma sigilosa operação encabeçada pela Secretaria Nacional Antidrogas (SENAD) na zona rural de Yby Yaú, o brasileiro Jarvis Ximenes Pavão passou mal e teve de ser socorrido na última quinta-feira (12).

De acordo com o jornal La Nación, Pavão, que tem problemas cardíacos e encontra-se recluído na Penitenciária Nacional de Tacumbú, em Asunción, em companhia do filho, foi levado à ala médica do presídio após sofrer uma “descompensação”, recuperando-se em seguida.

Considerado um dos maiores traficantes de drogas do Paraguai, Pavão era considerado uma espécie de “fantasma” para os agentes antidrogas e foi localizado, apenas, após estritas medidas que evitaram, entre outros pontos, o vazamento de informações sobre o andamento das investigações.

Como resultado, Pavão foi rendido enquanto dormia em uma de suas fazendas, em uma noite chuvosa de sábado, sem que um único tiro fosse disparado pelos homens da SENAD, que capturaram, no mesmo procedimento, o também foragido Carlos Antonio Caballero, procurado pela justiça do Brasil.

Leia Também...

Traficante Paraguaio é Transferido para Catanduvas

Preso na pequena Planalto na última quarta-feira (14), o traficante paraguaio Carlos Arias Cabral, mais conhecido como Líder Cabral, foi transferido nesta sexta-feira (16) da carceragem da Polícia Federal (PF) em Guaíra para a Penitenciária Federal de Catanduvas. Mais...

Traficante é Encontrado Morto na Fronteira Seca

Emboscado e executado com mais de 40 tiros. Este foi o destino do paraguaio Gerardo Heliodoro Sánchez Martínez, 48, mais conhecido como “Quelá”, apontado como um dos maiores cultivadores de maconha da região fronteiriça e braço direito do detido Carlos Arias Cabral. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.