segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Industriais Pedem “Olho por Olho” no Mercosul

Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com

Representantes do setor industrial do Paraguai solicitaram, ao vice-presidente Federico Franco, a adoção de providências mais drásticas contra as constantes barreiras impostas pela Argentina às exportações ao país. A ideia é retaliar e aplicar a política do “olho por olho”.

Em declarações reproduzidas pelos jornais ABC Color e La Nación, Eduardo Felippo, vice-presidente da União Industrial Paraguaia (UIP), queixou-se da falta de soluções. “O que nós queremos é que sejam eliminadas as barreiras que há no lado argentino”, afirmou.

Se eles continuam, vamos tratar de criar nossas próprias barreiras também, tal como eles. É preciso copiar, nada mais, para poder exigir o mesmo que eles estão nos exigindo”, argumentou Felippo, questionando também a falta de um embaixador paraguaio na Argentina para intermediar a busca por soluções.

Além de produtos industriais, os argentinos estariam colocando dificuldades, ainda, à passagem de cargas perecíveis, como é o caso, por exemplo, de quatro caminhões com bananas retidos na aduana de Clorinda. Os caminhões foram liberados, apenas, após negociação via Chancelaria.

Leia Também...

Acordo Pode Desburocratizar Fiscalização Aduaneira

Boa notícia para os caminhoneiros que precisam circular pela fronteira entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este. De acordo com o Diário Última Hora, um acordo entre autoridades do Brasil e do Paraguai deve reduzir a burocracia e agilizar a passagem de cargas. Mais...

Portos Secos de Foz e Cascavel Passam por Melhorias

Cada vez mais utilizados por empresas que enviam ou recebem produtos, os portos secos de Foz do Iguaçu e Cascavel são alvo de melhorias para atender aos anseios de seus usuários. Na Terra das Cataratas, uma entrada lateral foi habilitada para despachantes e ajudantes. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.