terça-feira, 17 de agosto de 2010

Roda de Tererê - 17/08/10

Argentinos na Fronteira

Não é só na Ponte Tancredo Neves que o trânsito está complicado devido à “invasão” de turistas argentinos na região fronteiriça. Na ponte San Roque González de Santa Cruz, entre Posadas (Argentina) e Encarnación (Paraguai), a situação é igualmente caótica, com os serviços do Departamento de Migrações do governo paraguaio não dando conta do recado e gerando longas filas para registro do ingresso ao país. A movimentação deve-se, principalmente, ao feriado prolongado de San Martín.

Denúncia de Abuso

Em Santa Rita, cidade colonizada por brasileiros a 70 quilômetros da Ponte da Amizade, um brasileiro de nome Fabrício José Chenrrich Rambo, 31, é acusado de abuso sexual contra sua filha de apenas um ano, fruto da união com a paraguaia Blanca Graciela Acosta. A denúncia foi efetuada pela mãe, que estava ausente no momento do suposto abuso. Rambo encontra-se detido e sob estritas medidas de segurança, uma vez que, devido à comoção gerada, há temores de linchamento do acusado.

Morte a Pedradas

Outro caso horrendo do noticiário policial fronteiriço é o apedrejamento de um jovem de aproximadamente 18 anos, encontrado morto na tarde desta segunda-feira (16) na Vila “C”, região norte de Foz do Iguaçu. De acordo com a Polícia Civil, o rapaz teve seu crânio golpeado com uma ou mais pedras grandes e ficou com o rosto desfigurado. Como não portava documentos e, até o início da noite de ontem (16), ninguém havia comparecido para reconhecê-lo, o jovem ainda permanecia sem identificação.

Queda do Monomotor

Terminou “em nada” a investigação sobre a queda do monomotor de bandeira boliviana, ocorrida no início do mês na Estância IVP, situada em Domingo Martínez de Irala, ao sul de Ciudad del Este. Sem elementos para confirmar as suspeitas de que a aeronave transportava drogas ou armamentos, o Ministério Público não conseguiu formular acusação contra piloto, copiloto e outras quatro pessoas detidas nos arredores. A aeronave não tinha plano de voo e estava em situação irregular no Paraguai.

Guerra da Extradição

A justiça do Paraguai validou, no início do mês, o pedido formulado pela justiça brasileira, solicitando a extradição do traficante Carlos Antonio Caballero (Capilho), preso em dezembro do ano passado, no interior do país, juntamente com o foragido Jarvis Pavão. De acordo com o jornal ABC Color, porém, Capilho, que encontra-se recluído na capital Asunción, teria dado expressas instruções a seus advogados para que os trâmites sejam dilatados e os crimes pelos quais é acusado no Brasil atinjam a prescrição.

Acesso ao Mar

O governo uruguaio ofereceu, ao Paraguai e à Bolívia, a possibilidade de ampliação do uso de seus portos para os trâmites de exportação e importação de mercadorias por parte dos dois únicos países sulamericanos sem acesso direto ao mar. A oferta foi feita neste final de semana, em Asunción, durante o encontro entre os presidentes Fernando Lugo, Evo Morales e José “Pepe” Mujica. Para chegar ao litoral uruguaio, no entanto, os barcos dos dois países precisam, ainda, navegar em águas argentinas.

Frase do Dia

Paraguai e Uruguai devem estar unidos para não continuar dependendo dos poderes hegemônicos - Fernando Lugo, presidente do Paraguai, em seu encontro desta segunda-feira (16) com o presidente do Uruguai, José “Pepe” Mujica.

(Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com)

Para contribuir com as discussões da coluna, utilize o espaço de comentários ou envie um e-mail para sopabrasiguaia@gmail.com. Comentários com teor desrespeitoso ou ofensivo serão apagados. Para ler as edições anteriores, clique aqui ou consulte o arquivo no menu lateral. Passa a cuia, che ra’a!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.