quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Fernando Lugo irrita-se com jornalista da CNN

28.10.10 - Em curioso incidente ocorrido na noite de ontem (27), ao vivo, na versão em espanhol do canal CNN, o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, irritou-se com as insistentes perguntas da âncora colombiana Claudia Palacios sobre seu estado de saúde e cortou a ligação.

Imagem de arquivo

Por telefone, Lugo falou sobre a abrupta morte do ex-presidente da Argentina e secretário-geral da União das Nações Sulamericanas (UNASUL), Néstor Kirchner, e sobre temas internos da política paraguaia, bem como as dificuldades de seu tratamento contra o câncer.

A irritação do presidente paraguaio começou no momento em que Palacios perguntou o que aconteceria com a administração do país caso ele, Lugo, falecesse em pleno mandato.

No primeiro momento, o ex-bispo desconversou, porém, na parte final da entrevista, quando a jornalista voltou a questionar sobre cuidados com a saúde, Lugo não mais respondeu e Palacios, para contornar a situação, disse que o canal “perdeu o contato com Asunción”.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Presidente Lugo fez “visita secreta” ao hospital

22.10.10 - Uma das bombas do dia no noticiário político paraguaio desta quinta-feira (21) foi o rumor de que, na noite do último sábado (16), o presidente Fernando Lugo (em luta contra o câncer) teria sido levado de urgência a um hospital particular de Asunción. Mais...

Lugo fala sobre saúde e diz que não se entregará

20.10.10 - Ao participar do ato político de apresentação dos candidatos da frente de esquerda, na última segunda-feira (18), o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, surpreendeu presentes e jornalistas ao comentar sobre seu estado de saúde. Mais...

Um comentário:

  1. As notícias provocativas sobre a saúde do Presidente Lugo, são características de quem pretende reforçar a política de oposição ao governo paraguaio da atualidade, bem como fazer com que os políticos conservadores daquele país - sejam mais considerados e tenham mais respaldo na opinião pública latino-americana sem os horizontes da mudança ou transformações com expectativas para o desenvolvimento.

    ResponderExcluir

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.