terça-feira, 26 de outubro de 2010

Paraguai ampliará presença militar no Chaco

26.10.10 - O governo do Paraguai confirmou nesta segunda-feira (25) seu plano de ampliar a presença militar do país no agreste e despovoado Chaco Boreal, que na década de 1930, foi palco de disputa bélica entre tropas paraguaias e bolivianas, na chamada Guerra do Chaco.

De acordo com o jornal ABC Color, a intenção do entorno governista, sob a liderança do ministro da Defesa, General Cecilio Pérez Bordón, é reformar os atuais postos e destacamentos militares, construir novas instalações e reequipar as tropas terrestres com 58 veículos táticos do tipo Hummer.

Temos um plano de melhoramento das instalações, inclusive de construção de novas. Vamos pôr em cada posto militar de 10 a 15 homens e, em cada destacamento, um pelotão de 30 homens, não dois ou três, como é atualmente”, afirmou o ministro.

Segundo o militar, os 58 veículos Hummer fazem parte dos planos de investimento traçados pelas Forças Armadas em seu orçamento 2011, que prevê, também, melhorias na remuneração para que todos os militares do país recebam, pelo menos, o salário mínimo determinado por lei.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Forças Armadas fazem manobras na fronteira com a Bolívia

21.10.10 - Militares das três armas do Exército paraguaio estão, neste momento, realizando manobras de treinamento no Chaco, extremo norte do país, nas proximidades da agreste e praticamente despovoada fronteira seca entre Paraguai e Bolívia. Mais...

Brasil e Paraguai debatem combate conjunto ao tráfico

21.10.10 - Em sua visita ao Paraguai na última terça-feira (19), quando tratou de temas como o pedido de extradição de três foragidos refugiados no Brasil, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, debateu medidas conjuntas para o combate ao tráfico na fronteira. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.