sábado, 30 de outubro de 2010

Roda de Tererê - 30/10/10

Acidente federal

Em acidente ocorrido na tarde desta sexta-feira (29), à saída da Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu, uma viatura da Polícia Federal (PF) colidiu com um veículo Golf com placas de São Paulo, em batida que, felizmente, provocou apenas danos materiais. Uma das versões sobre o ocorrido, não confirmada pela PF, é de que a colisão teria ocorrido durante perseguição ao carro de passeio. Não há, porém, informação sobre prisão ou apreensões decorrentes do suposto procedimento.

Manguaça sem fronteiras

Dois brasileiros que tentavam escapar de uma barreira de fiscalização no trânsito de Ciudad del Este provocaram, na madrugada de ontem (29), um lamentável acidente de trânsito no qual saíram da pista e colidiram contra uma das paredes do depósito do Hospital Regional. Como resultado, medicamentos e outros insumos foram perdidos, complicando ainda mais o já precário atendimento médico prestado no local. Os brasileiros, segundo o Diário Última Hora, estavam alcoolizados.

Arte noiada

A Secretaria Nacional Antidrogas (SENAD), do Paraguai, confirmou nesta sexta-feira (29) que dois embrulhos contendo artesanato e obras de arte que seguiriam em direção à China e à Alemanha, continham cerca de 19,5 quilos de cocaína camuflada em diferentes maneiras. A maior parte da droga estava nos “quadros com decoração artesanal” endereçados à China, que acusaram 18,8 quilos do pó branco. No envio que chegaria à Alemanha, a coca estava em peças moldadas em couro.

Censo argentino

Realizado no último dia 27, o Censo Argentino 2010 já teve seus primeiros resultados divulgados na internet. Ao que tudo indica, o crescimento médio da população argentina em relação a 2001 foi de 20%, com o total de habitantes do país rondando em torno dos 43,5 milhões de moradores. Puerto Iguazú, cidade argentina da Tríplice Fronteira, continuaria com população de cerca de 30 mil habitantes, enquanto Buenos Aires e região metropolitana concentram quase 30% do total de habitantes.

À beira do fracasso

Implantado há exatos três meses, o sistema de “cartão fronteiriço” para agilizar a passagem dos moradores de Posadas (Argentina) e Encarnación (Paraguai) pela Ponte Internacional San Roque González de Santa Cruz, sobre o rio Paraná, estaria à beira do fracasso. É o que publica o Diário Última Hora em sua edição online, destacando que, até o momento, pouco mais de três mil pessoas solicitaram o documento, cujo modelo serviu de base para a aplicação de iniciativa similar na fronteira entre Foz e Puerto Iguazú.

Laboratórios de golpes

Em entrevista a uma emissora de rádio de Caracas (Venezuela), repercutida pelo jornal ABC Color, o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, falou sobre os riscos de quebra institucional nos países do continente, por conta dos “laboratórios de golpes de estado” que ainda seguem vigentes nos setores que “recusam-se a aceitar a mudança”. Sobre o caso específico do Paraguai, Lugo disse crer que o processo político de troca de signo governista é irreversível, por contar com o apoio majoritário da população.

Frase do Dia

Durante os 21 anos de transição, em matéria de obras, nenhum governo alcançou nem o calcanhar de Alfredo Stroessner - Lino Oviedo, general aposentado paraguaio e virtual candidato à presidência do país em 2013, em estranha alusão ao ditador Alfredo Stroessner, do qual foi o captor durante o golpe que pôs fim, em 1989, à ditadura que já durava 35 anos.

(Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com)

Para contribuir com as discussões da coluna, utilize o espaço de comentários ou envie um e-mail para sopabrasiguaia@gmail.com. Comentários com teor desrespeitoso ou ofensivo serão apagados. Para ler as edições anteriores, clique aqui ou consulte o arquivo no menu lateral. Passa a cuia, che ra’a!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.