quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Esposa diz que Cabañas está à beira da falência

25.10.10 - Afastado dos gramados desde o mês de janeiro, o atacante paraguaio Salvador Cabañas será uma das estrelas, nesta quinta-feira (25), do sorteio da edição 2011 da Copa Libertadores da América. Nos bastidores, porém, Cabañas estaria à beira da falência.

Imagem: Paraguay.com (Arquivo)

Foi o que revelou, em entrevista a emissoras de rádio, a esposa do jogador, María Lorgia Alonso, que afirmou que devido a problemas com o empresário José María González e com a diretoria do América (México), que suspendeu os salários do atacante, a família já está sendo obrigada a desfazer-se de seu patrimônio.

Só tenho dinheiro para comer até dezembro, essa é a situação. Vivíamos em uma bolha de cristal, mas agora precisamos viver uma dura realidade. Não temos nada”, lamentou a mulher. “No próximo ano, certamente levarei as crianças a uma escola pública, pois já não temos suficiente liquidez”.

Para paliar a situação, a família colocou à venda as duas caminhonetes pertencentes ao jogador. Óscar Germán Latorre, advogado e ex-procurador geral da república, foi contratado para representar Cabañas no litigio com o empresário González, sócio em vários dos empreendimentos do ídolo da seleção guarani.

Em entrevista à rádio Monumental AM, de Asunción, Dionisio Cabañas, pai de Salvador, disse que o filho nada sabe sobre o problema. “E se ele souber, o que vai fazer?”, questionou Dionisio, agregando que, na pior das hipóteses, “temos um trabalhinho aqui na padaria, um lava-rápido e assim vivemos”.

As declarações da esposa e do pai de Cabañas figuraram com destaque nos principais meios de comunicação nesta quarta-feira (24), com o advogado Latorre afirmando que, antes mesmo do final do dia, duas grandes empresas paraguaias entraram em contato para oferecer ao jogador contratos de publicidade.

Gerardo Martino, técnico da seleção guarani, colocou-se à disposição da família. “Não me surpreende o que está acontecendo, pois em algum momento também pensei quando começaria o verdadeiro problema de Salvador. Evidentemente, aconteceu muito antes do que eu tinha pensado”, lamentou.

Em declarações reproduzidas pela agência pública IP Paraguay, por sua vez, José María González negou que tenha sido desonesto e apropriado-se de US$ 700 mil pertencentes ao jogador. “Era o dinheiro que tirei do próprio bolso quando Cabañas teve problemas com o fisco mexicano, no ano passado”, disse.

Por sorte, tenho todos os documentos de todas as transações com Cabañas. O ideal seria que a família coloque para trabalhar aquilo que já tem como bens, coloque mais empenho, mais dedicação, pois isso é uma mudança de vida e o que falta é encarar as coisas como são, aceitar a nova realidade”, argumentou.

Salvador Cabañas encontra-se, atualmente, em algum ponto do território paraguaio (não revelado à imprensa), para que possa ter tranquilidade e vencer as etapas que restam de seu processo de recuperação neurológica. Seu contrato profissional com o América vai até o final da próxima temporada.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Para América, argumentos de Cabañas são absurdos

11.11.10 - Absurdos. Assim são considerados, pela diretoria do América, os argumentos dos advogados de Salvador Cabañas, que acusam o clube mexicano de atrasar salários e afirmam que o atentado pode ser enquadrado como “acidente de trabalho”. Mais...

Jovem mexicano processará Salvador Cabañas

03.11.10 - A maré não está nada boa para o jogador paraguaio Salvador Cabañas. Nove meses após o atentado que interrompeu sua carreira futebolística, o atleta, ainda em luta pela reabilitação, enfrenta inúmeros problemas na esfera extra-campo. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.