segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Exército Brasileiro inicia “Operação Cadeado”

08.11.10 - Em sua primeira grande mobilização desde que, no mês de agosto, o presidente Lula sancionou a lei que amplia os poderes das Forças Armadas, militares do Exército Brasileiro realizam, na fronteira seca com o Paraguai, uma nova edição da “Operação Cadeado”.

De acordo com o jornal Correio do Estado, de Mato Grosso do Sul, a mobilização teve início na última sexta-feira (05) e estende-se até o próximo domingo (14). A operação é coordenada pelo Comando Militar do Oeste (CMO) e conta com dois mil militares, 135 viaturas, oito embarcações e dois helicópteros.

O objetivo, tal como nas edições anteriores, é reforçar a presença do Estado na extensa e despatrulhada fronteira seca entre Paraguai e Mato Grosso do Sul e prevenir a ocorrência dos chamados “crimes fronteiriços”, como o contrabando e o tráfico de drogas, armamentos e munições.

Para aumentar sua efetividade, o trabalho é realizado em conjunto com as polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil, Militar, Receita Federal do Brasil e instituições ambientais e de fiscalização animal ou vegetal.

Apenas nas primeiras horas da operação, militares da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), que também formam parte do esforço conjunto, localizaram, com a ajuda de um cão farejador, três quilos de cocaína na bagagem de um passageiro que seguiria de Corumbá para Campo Grande.

Os procedimentos incluem barreiras móveis nas rodovias e estradas rurais e fiscalização nos rios da região onde os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul fazem fronteira com Paraguai e Bolívia. No Paraguai, a mobilização é vista, uma vez mais, como demonstração de poderio por parte do Brasil.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Militares brasileiros verificam fronteira seca

02.11.10 - A região de fronteira seca entre Paraguai e Mato Grosso do Sul é palco de vistorias realizadas por soldados do Exército do Brasil, com o objetivo de verificar o estado de conservação e visibilidade dos marcos que determinam o território de cada país. Mais...

Paraguai ampliará presença militar no Chaco

26.10.10 - O governo do Paraguai confirmou seu plano de ampliar a presença militar do país no agreste e despovoado Chaco Boreal, que na década de 1930, foi palco de disputa bélica entre tropas paraguaias e bolivianas, na chamada Guerra do Chaco. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.