sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Gaeco prende policiais acusados por corrupção

12.11.10 - Em ação realizada nesta quinta-feira (11), o Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), dependente do Ministério Público do Paraná, prendeu um delegado, dois policiais civis, dois escrivães e dois funcionários públicos municipais acusados por corrupção.

De acordo com o Gaeco, os sete mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Santa Helena, Rio Bonito do Iguaçu, Cascavel e Foz do Iguaçu. O foco da ação, porém, foi a 2ª Subdivisão Policial de Laranjeiras do Sul.

Contra o delegado-chefe da referida subdivisão, Joaquim Antonio Figueira, e contra os investigadores Wilson Urbano e Marlon Éder de Souza (detido em Foz do Iguaçu), pesa acusação de corrupção passiva, referente a um caso ocorrido em 13 de outubro de 2010, no interior da delegacia de Laranjeiras do Sul.

Na ocasião, um caminhoneiro que transportava cigarros contrabandeados do Paraguai foi detido e, supostamente, forçado a pagar propina para sua liberação. Quilômetros adiante, porém, o mesmo motorista foi parado e preso pela Polícia Federal (PF), delatando a ocorrência anterior.

Por sua vez, os escrivães Jorge Vargas Leite e Mario Vante Junior, e os funcionários públicos municipais Gelson Luiz dos Santos (de Laranjeiras do Sul) e Giovane Jones Bech (de Nova Laranjeiras) são acusados de envolvimento em uma outra ocorrência de propina, registrada no dia 03 de julho de 2010.

Os acusados permanecerão sob prisão preventiva até que novas medidas judiciais sejam ditadas sobre o processo. O Gaeco é o braço do Ministério Público do Estado do Paraná que trata do combate ao crime organizado e do controle externo da atividade policial.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

PF intervém casas de câmbio em Foz do Iguaçu

11.11.10 - Policiais federais de Foz do Iguaçu cumpriram, nesta quarta-feira (10), quatro mandados de busca e apreensão emitidos pela 2ª Vara Federal Criminal e de Crimes contra o Sistema Financeiro, contra duas casas de câmbio de Foz do Iguaçu. Mais...

Ação policial termina em tiroteio na barranca do rio

11.11.10 - A barranca do rio Paraná voltou a ser palco de tiroteio, na madrugada de ontem, quando agentes da Divisão Estadual de Narcóticos e da Polícia Rodoviária Federal enfrentaram-se com indivíduos que desembarcaram em um porto clandestino. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.