terça-feira, 16 de novembro de 2010

PF aplica “filtro” para regularizar brasiguaios

16.11.10 - Evitar que delinquentes beneficiem-se do mutirão de regularização de brasiguaios realizado, desde a semana passada em Ciudad del Este, no Salão da Área 2. Este é um dos objetivos do Consulado do Brasil, da Direção de Migrações e da Polícia Federal (PF).

A preocupação tem como base os frequentes casos de foragidos da justiça brasileira que, para safar-se, utilizam documentos falsos para radicar-se em território paraguaio e, até mesmo, obter a cidadania do país vizinho, tal como detectado em inúmeras ocasiões.

Para evitar que isso ocorra durante as ações que reúnem, em um único lugar, todas as instituições paraguaias e brasileiras responsáveis pela documentação dos migrantes, PF e Polícia Nacional do Paraguai trabalham de forma conjunta para a verificação do histórico penal de cada um dos requerentes.

Temos o controle da PF e se a pessoa já tiver uma ficha, estes dados vão aparecer no sistema e não será dado nenhum documento, isso é impossível”, afirmou Jairo Collier, cônsul do Brasil, em entrevista ao Diário TN Press. “Temos um cuidado muito grande com isso, a ideia é regularizar pessoas de bem”.

Nos seis mutirões realizados até agora, em cidades como Santa Rita, Los Cedrales, Pedro Juan Caballero e Katueté, mais de 5,7 mil brasileiros já legalizaram-se no Paraguai. As estimativas são incertas, porém, calcula-se que, somente no Alto Paraná, até 100 mil brasileiros possam estar em situação irregular.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Paraguai regulariza brasileiros em Ciudad del Este

13.11.10 - Teve início na última quinta (11) e vai até terça-feira (16), no Salão Social da Área 2, em Ciudad del Este, a sexta edição do mutirão conjunto Paraguai / Brasil para a documentação de brasileiros residentes em situação irregular no país vizinho. Mais...

Brasiguaios do MST fazem protesto em MS

13.11.10 - Cerca de 1,5 mil agricultores brasileiros, que retornaram do Paraguai após problemas com os camponeses locais, fizeram na última quinta-feira (11) um protesto às margens da BR-163, em Itaquiraí (MS), local onde encontram-se acampados. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.