terça-feira, 16 de novembro de 2010

Prefeita de CDE, na mira da guerrilha paraguaia

16.11.10 - Reeleita prefeita de Ciudad del Este no último dia 07, com mais de 60% dos votos, a colorada Sandra McLeod de Zacarías, esposa do dirigente político Javier Zacarías Irún, atraiu a atenção, também, dos “guerrilheiros” do grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP”.

Imagem: ABC Color

É o que revelam os jornais ABC Color, La Nación e Última Hora nesta terça-feira (16), tendo como base perícia realizada em um notebook apreendido na cidade de Concepción, no mês de março, em poder da obstetra Rumilda Giménez, acusada de fazer parte do braço logístico do EPP.

No computador, além de fotos inéditas como a reproduzida acima, mostrando um indivíduo armado posando em frente a uma bandeira do EPP, os investigadores da Polícia Nacional e do Ministério Público encontraram “dossiês” sobre possíveis alvos para ações extorsivas ou sequestros.

Na lista de alvos, segundo o La Nación, aparecem importantes figuras do Partido Colorado, como o ex-presidente Nicanor Duarte Frutos, o senador e ex-ministro Julio César Velázquez, a também senadora e atual presidente da agremiação, Lilian Samaniego, e a prefeita da segunda maior cidade do Paraguai.

Consultado a respeito, Javier Zacarías Irún, marido de Sandra, disse ter ficado surpreso ao receber a informação por parte do Ministério Público. “A verdade é que estamos surpresos e realmente nos preocupa, vamos encarar com toda a seriedade que requer esta situação”, afirmou.

Vamos tomar as precauções necessárias, precisamos continuar vivendo, continuar trabalhando. Nós nunca percebemos absolutamente nada, por isso digo que nos surpreende muitíssimo [...] As fotografias e outras questões fazem presumir que o EPP estava monitorando os passos de Sandra”, complementou.

Na arena política, o EPP é acusado de cometer, desde suas raízes, pelo menos dois sequestros envolvendo personagens políticos, tendo como vítimas Cecília Cubas, filha do ex-presidente Raúl Cubas e morta em cativeiro no ano de 2005; e Luis Alberto Lindstron, ex-prefeito de Tacuatí, raptado em 2008.

As principais ações do grupo têm como foco, principalmente, os departamentos (estados) de San Pedro e Concepción, centro-norte do Paraguai.

Na região de Ciudad del Este, rumores, jamais confirmados, sugerem a existência de simpatizantes em um assentamento camponês do Km 32 da Ruta Internacional VII. Nas imediações de Salto del Guairá, por sua vez, o grupo mantém célula ativa na Colônia Sidepar 3.000, palco de inúmeros assassinatos.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Suposto membro do EPP morre em acidente de moto

09.11.10 - Apontado como um dos membros do grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP” (acusado por sequestros, mortes e atos de vandalismo), Aldo Ávalos Benítez faleceu em um estranho acidente de moto ocorrido no último domingo (07). Mais...

EPP pede a cabeça de quatro “delatores” do grupo

19.10.10 - Em comunicado cujo nítido intuito é minar a estratégia do governo que, mediante pagamento de recompensas, localizou o paradeiro de vários dos membros da “guerrilha”, o “Exército do Povo Paraguaio – EPP” pediu a cabeça de quatro de seus delatores. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.