quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Região de CDE pode receber fábrica de autopeças

25.11.10 - A região de Ciudad del Este pode, muito em breve, ser destino de grandes investimentos para a instalação de fábricas de autopeças. Nesta quarta-feira (24), uma comitiva de empresários brasileiros, procedentes de Curitiba, percorreu o lado paraguaio da fronteira.

Imagem: Assessoria / Gobernación Alto Paraná

A comitiva, composta por industriais do setor metalúrgico, reuniu-se com o secretário de Indústria e Comércio do Alto Paraná, Nelson Amarilla, e percorreu instalações industriais em funcionamento na região de Ciudad del Este, para observar a infraestrutura já existente.

Eles expressaram a intenção de instalar suas empresas na nossa região”, afirmou Amarilla. “São representantes de sete empresas estrangeiras que vieram levantar dados, com a possibilidade certa de investimento, algo que, se acontecer, irá gerar empregos aos habitantes do Alto Paraná”.

Víctor Alfredo Hogan, representante da Câmara de Comércio Paraguai-Brasil, confirmou a boa perspectiva. “Nossa intenção é investir no país, estamos coletando dados quanto à parte legal e à experiência dos empresários que estão trabalhando na região há alguns anos”, comentou.

Entre as vantagens naturais oferecidas pelo Paraguai, destaque para a menor carga tributária e o baixo custo da mão-de-obra. As desvantagens, porém, são emolduradas por fatores como a falta de segurança jurídica, a alarmante corrupção estatal e os gargalos de logística e infraestrutura.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Gigante chinesa pode abrir fábrica no Paraguai

09.11.10 - Gigante do setor de equipamentos de telecomunicações, a empresa chinesa ZTE analisa a abertura de uma unidade industrial no lado paraguaio da fronteira, como forma de ampliar sua presença local e consolidar seus negócios no Mercosul. Mais...

Multinacionais da soja anunciam investimentos no Paraguai

17.11.10 - O Paraguai registrou, em 2010, a maior safra de soja da sua história, com cerca de 7,5 milhões de toneladas de grãos e elevados lucros no setor produtor. Para 2012, tais lucros podem ser ainda maiores, com o anúncio de que investimentos estão a caminho. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.