sábado, 18 de dezembro de 2010

ACIFI pede simplificação do comércio com o Paraguai

18.12.10 - A Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu (ACIFI) entregará ao Banco Central, na próxima terça-feira (21), um pedido de informação sobre operações de comércio exterior, com o objetivo de simplificar procedimentos de importação e exportação na fronteira com o Paraguai.

De acordo com a ACIFI, o objetivo do pedido é verificar o marco legal existente, para permitir que as operações que envolvam depósitos em instituições bancárias do Paraguai possam ser feitas diretamente em reais, sem necessidade do uso do dólar como moeda intermediária.

O problema é que os bancos no Paraguai não fazem transações cambiais em reais para recebimento ou pagamento dessas operações de exportação, nem mesmo a agência do Banco do Brasil situada no vizinho país”, explicou o diretor de Comércio Exterior da entidade, Mário Alberto de Camargo.

Recorremos ao Banco Central na busca por informações mais objetivas quanto a como se concluir operações de exportação e importação em reais, especialmente no que concerne aos recebimentos e pagamentos destas, e no qual o mecanismo do SML/Sistema de Pagamento em Moeda Local não está contemplado com um país envolvido nas respectivas negociações, o Paraguai”.

A princípio, buscaremos orientações do Banco Central sobre esse impasse que incide, mais particularmente, com o Paraguai, visto que na Argentina, com base no SML firmado entre os dois países, as instituições financeiras, fazem a conversão e operacionalização das transações na nossa moeda, o real”.

A partir da resposta a esse questionamento, vamos analisar a necessidade de iniciarmos uma mobilização junto aos órgãos federais do Brasil e do Paraguai, para que criem mecanismos que atendam a essa necessidade daqueles que atuam no comércio exterior”, pontualizou Camargo.

Segundo a assessoria da ACIFI, a necessidade de que as transações por via bancária ocorram com o uso de dólares estadunidenses faz com que, em alguns casos, o importador veja-se obrigado a cruzar a Ponte da Amizade portando dinheiro em espécie, ação que, além de insegura, é ilegal.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

RFB revê instrução que prejudicava empresas da fronteira

09.12.10 - Atendendo a um pedido entregue pela ACIFI ao secretário Otacílio Dantas Cartaxo, a Receita Federal do Brasil (RFB) emitiu, na última terça-feira (07), instrução normativa que põe fim ao impasse que prejudicava centenas de empresas da fronteira. Mais...

RFB emite normativa sobre a Lei dos Sacoleiros

16.12.10 - A Receita Federal do Brasil (RFB) publicou em Diário Oficial, nesta quarta-feira (15), a Instrução Normativa RFB nº 1.098, que dispõe sobre aspectos práticos relacionados à Lei dos Sacoleiros (Lei nº 11.898/09), em vigor desde janeiro de 2009. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.