sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Brasileiro é detido com cartões “suspeitos” em CDE

10.12.10 - Em novo caso ocorrido na região central de Ciudad del Este, um cidadão de nacionalidade brasileira foi detido pela polícia local, nesta quinta-feira (09), acusado de usar cartões “clonados” para fazer compras em lojas das proximidades da Ponte da Amizade.

Imagem ilustrativa

De acordo com o Diário Última Hora, trata-se de Olivam Vieira da Silva, detido após compras na loja “O Mundo”, do Shopping Hijazi. Outros dois brasileiros, que assim como Silva, estavam hospedados no Hotel Acaray, abandonaram o hotel antes da chegada dos policiais.

Os dois cartões utilizados pelo grupo, segundo a polícia paraguaia, estavam caracterizados como se fossem dos bancos Santander e Unibanco, porém, os dados de seus chips e tarjas magnéticas corresponderiam a contas do banco Bradesco.

A Silva e seus dois amigos é atribuído, ainda, o “sumiço” de um relógio avaliado em US$ 700,00, à venda na referida casa comercial. O caso foi encaminhado ao promotor Humberto Rosetti, do Ministério Público local. O brasileiro está detido na sede do comando regional da Polícia Nacional do Paraguai.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Brasileira é presa com cartão “clonado” em CDE

24.11.10 - A Polícia Nacional do Paraguai prendeu nesta terça-feira (23), em Ciudad del Este, uma brasileira acusada de tentar fazer compras no comércio da cidade, usando, para tanto, um cartão cujos dados corresponderiam à conta bancária de outra pessoa. Mais...

Polícia prende argentinos com cartões clonados

30.10.10 - A Polícia Nacional do Paraguai prendeu na tarde de quinta-feira (28), em Ciudad del Este, dois cidadãos argentinos que, segundo denúncias, tentavam fazer compras no comércio local com cartões de crédito clonados de correntistas dos EUA e da Irlanda. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.