quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Comissão de monitoramento reúne-se em Brasília

02.12.10 - Aconteceu na última terça-feira (30), em Brasília, a 16ª Reunião da Comissão de Monitoramento do Comércio entre Paraguai e Brasil, criada com o objetivo de destravar os problemas que dificultam a integração comercial entre os dois sócios de Mercosul.

De acordo com o jornal La Nación, a comitiva paraguaia foi liderada pelo vice-ministro de Relações Econômicas e Integração do Ministério das Relações Exteriores, Manuel María Cáceres, enquanto que, pelo lado brasileiro, a liderança esteve a cargo do secretário-executivo Ivan Ramalho.

Na pauta paraguaia, pedidos de solução dos inconvenientes que afetam, principalmente, a produção industrial do país, que por fatores tributários, burocráticos ou de diferença de nomenclaturas, encontra dificuldades adicionais para atravessar a fronteira e chegar ao mercado brasileiro.

Em resposta aos pedidos, Ramalho comprometeu-se em fazê-los chegar aos órgãos responsáveis, frustrando, por outro lado, a expectativa de soluções imediatas. A aplicação da “Lei dos Sacoleiros”, no papel desde janeiro de 2009, não foi abordada pelos membros da comissão.

Itaipu

Também na terça-feira (30), em Brasília, o vice-chanceler paraguaio, Jorge Lara Castro, reuniu-se com o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, para defender a necessidade de aprovação do acordo bilateral sobre Itaipu, cuja nota reversal encontra-se, atualmente, em tramitação na Câmara.

Assinado pelos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Lugo em julho de 2009, o acordo, que prevê o aumento da remuneração brasileira pelo uso da energia não-consumida pelo Paraguai, ainda depende da aprovação do Congresso brasileiro para entrar plenamente em vigor.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Paraguaios visitam feira agrícola em Cascavel

10.11.10 - Uma comitiva composta por cerca de 50 técnicos e agricultores paraguaios foi convidada, nesta terça-feira (09), para uma visita à feira Sabores do Paraná, montada no campo de exposições da Expovel, em Cascavel, para promover a produção agrofamiliar. Mais...

Gigante chinesa pode abrir fábrica no Paraguai

09.11.10 - Gigante do setor de equipamentos de telecomunicações, a empresa chinesa ZTE analisa a abertura de uma unidade industrial no lado paraguaio da fronteira, como forma de ampliar sua presença local e consolidar seus negócios no Mercosul. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.