segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Paraguai ampliará cerco contra trabalhadores ilegais

13.12.10 - O governo do Paraguai assinou, na semana passada, um convênio com o objetivo de ampliar a fiscalização sobre o cumprimento dos direitos trabalhistas e a contratação de estrangeiros em situação irregular no país, em especial, nas cidades de fronteira.

Imagem de arquivo / Panoramio

De acordo com os jornais La Nación e Última Hora, o acordo, assinado pela Direção Geral de Migrações (DGM), Ministério da Justiça e Trabalho (MJT) e União Industrial Paraguaia (UIP), atende a um pedido expresso dos empresários, que queixam-se da concorrência exercida por empresas que contratam mão-de-obra ilegal.

Este convênio significa que vamos poder combater a informalidade, estamos cansados de empresas que trazem trabalhadores de fora, de forma informal; empresas que, muitas vezes, nem sequer estão registradas em nosso país”, afirmou Gustavo Volpe, titular da UIP.

Um dos setores mais afetados, segundo Volpe, é o da construção civil, que costuma “importar”, dos países vizinhos, engenheiros, mestres de obras e outros profissionais. Nas cidades de fronteira, por sua vez, a contratação de ilegais é vista, especialmente, no setor comercial.

No caso específico de Ciudad del Este, milhares de brasileiros e outros estrangeiros, residentes em Foz do Iguaçu, cruzam a Ponte da Amizade, diariamente, para trabalhar nas lojas e centros comerciais situados nas quadras próximas à passarela fronteiriça.

Muitos destes empresários ou trabalhadores já contam com documentação paraguaia, porém, obtida, em vários casos, com o fornecimento de dados fraudulentos sobre domicílio em Ciudad del Este e municípios vizinhos. Tais situações serão averiguadas pelos inspetores da DGM e do MJT.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Mutirão de regularização ficou abaixo da expectativa

22.11.10 - Iniciado no último dia 11, no Salão Social da Área 2, em Ciudad del Este, o mutirão de regularização promovido pelos serviços migratórios de Paraguai e Brasil, atraiu pouco mais de 800 interessados, ficando abaixo das expectativas. Mais...

PF aplica “filtro” para regularizar brasiguaios

16.11.10 - Evitar que delinquentes beneficiem-se do mutirão de regularização de brasiguaios realizado, desde a semana passada em Ciudad del Este, no Salão da Área 2. Este é um dos objetivos do Consulado do Brasil, da Direção de Migrações e da Polícia Federal. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.