sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Paraguai desmente pedido de espionagem telefônica

24.12.10 - O governo do Paraguai desmentiu, nesta quinta-feira (23), que tenha solicitado ao seu par dos Estados Unidos o fornecimento de equipamentos ou tecnologia para o monitoramento de 90% das linhas de telefone celular do país, tal como consta em um telegrama diplomático vazado pelo site WikiLeaks.

Imagem: ABC Color (Arquivo)

Em declarações reproduzidas pelo jornal ABC Color, Rafael Filizzola, ministro do Interior, negou que tenha entrado em contato com a embaixadora estadunidense no Paraguai, Liliana Ayalde, para pedir ao país do norte que colaborasse com um plano de “espionagem genérica” no país.

O objetivo de tal plano, conforme descreve Ayalde em telegrama endereçado a Washington e datado de fevereiro de 2009, seria combater o grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP”, através da identificação de linhas utilizadas por seus membros para comunicação interna.

Nossa política de segurança interna é uma política soberana. Não dependemos de nenhum estado, de nenhum governo estrangeiro, para estabelecer e desenvolver nossa política de segurança. Logicamente, porém, a cooperação é sempre bem-vinda”, afirmou Filizzola.

Filizzola não desmentiu, no entanto, os rumores de que o governo local estaria empregando aparelhagem adquirida junto ao Brasil, para escutas telefônicas diversas. O ministro argumentou, no entanto, que todas as escutas em andamento estariam sendo feitas dentro do marco legal sobre o tema.

Paralelamente, Lilian Samaniego, senadora e presidente do Partido Colorado, saiu a público para relatar à imprensa que teve acesso a gravações, supostamente realizadas pelo governo, de ligações efetuadas ou recebidas em seu celular de uso pessoal.

Não acreditei até que me fizeram escutar uma conversação que mantive com uma pessoa através do meu Tigo [operadora de telefonia]”, afirmou Samaniego, cujo irmão, Arnaldo, assumiu como prefeito de Asunción na última segunda-feira (20).

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Paraguai pediu ajuda aos EUA para espionar celulares

23.12.10 - O presidente do Paraguai e o ministro do Interior, Rafael Filizzola, solicitaram aos EUA acesso a tecnologia para monitoramento de até 90% das linhas de telefonia móvel em uso no país. É o que revela um novo telegrama diplomático vazado pelo site WikiLeaks. Mais...

WikiLeaks: embaixador traçou perfil de Fernando Lugo

22.12.10 - Apesar da forte pressão dos Estados Unidos, o site WikiLeaks, que para prevenir-se de ataques virtuais, já conta com mais de 500 clones, continua a divulgar documentos secretos que estão deixando o governo de Washington em uma complicada saia-justa. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.