quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

PF de Guaíra divulga balanço de atividades

23.12.10 - A delegacia da Polícia Federal (PF) na cidade de Guaíra divulgou, nesta quarta-feira (22), seu balanço de atividades referente ao ano de 2010. Procedimentos como a Operação Sentinela, iniciada no mês de março, contribuíram para o aumento nas apreensões.

Imagem: Polícia Federal (PF)

De acordo como balanço, o número de inquéritos instaurados passou de 572, em 2009, para 759 no ano corrente. O destaque fica para os inquéritos relacionados ao crime de contrabando, que saltaram de 225 para 393. Quanto ao narcotráfico, o número permaneceu estável em relação ao ano anterior (123 a 119).

Uma das cifras que chama a atenção, neste sentido, é a redução na apreensão de entorpecentes. Em 2009, os policiais de Guaíra apreenderam 29,2 toneladas de maconha, 33 quilos de crack, 43 de haxixe e 19 de cocaína. Em 2010, 8,2 toneladas de maconha, 37 quilos de crack, 7,4 de haxixe e 50,2 de cocaína.

A explicação para a queda é, justamente, o aumento na fiscalização, decretada após a chacina que, em 2008, chocou a população local e alcançou repercussão internacional. Ao depararem-se com a continuidade do patrulhamento, traficantes optaram, em 2010, pela busca por novas rotas.

Por outro lado, a apreensão de contrabando é cada vez maior na região de Guaíra, fruto da expansão comercial da cidade paraguaia de Salto del Guairá e do crescente volume de compristas que dirigem-se a este ponto da fronteira para adquirir mercadorias com fins de revenda.

A título de comparação, em 2008 foram apreendidos 95 pneus contrabandeados do Paraguai; em 2009, tal cifra subiu para 609, e, em 2010, para 798. A apreensão de cigarros, por sua vez, passou de 645,7 mil pacotes em 2008, para 1,2 milhão em 2009 e 2,2 milhões em 2010.

Outro triunfo destacado pela PF de Guaíra é a realizada da Operação Liderança, que no mês de julho, levou à prisão de 39 pessoas, entre elas, o paraguaio Carlos Arias Cabral (Líder Cabral), considerado o maior “exportador” de maconha da fronteira entre Brasil e Paraguai.

Na região de Guaíra, a PF atua em parceria com corporações como a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), Receita Federal do Brasil (RFB), Força Alfa da Polícia Militar paranaense e Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD).

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

PF apreende barco com cigarros no rio Paraná

22.12.10 - Em ação realizada em Guaíra na madrugada desta terça-feira (21), policiais federais da Delegacia Especial de Polícia Marítima (DEPOM) apreenderam uma embarcação que transitava, entre dois portos clandestinos, carregada com cigarros paraguaios. Mais...

PRF de Foz bate recorde de carros recuperados

22.12.10 - A delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Foz do Iguaçu bateu, nesta terça-feira (21), seu recorde anual de recuperação de veículos com denúncia de furto ou roubo, com a interceptação, na BR-277, de um Ford Fusion com placas de Ponta Grossa. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.