terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Prefeita eleita de CDE cobrará aplicação do RTU

07.12.10 - Tão logo reassuma o cargo de prefeita de Ciudad del Este para um novo mandato de quatro anos, no próximo dia 20, a colorada Sandra McLeod de Zacarías insistirá junto às autoridades paraguaias e brasileiras pela aplicação da Lei dos Sacoleiros.

Imagem de arquivo

Foi o que afirmou McLeod, nesta segunda-feira (06), em entrevista ao jornal ABC Color. Na opinião da prefeita, o Brasil não tem vontade política para aplicar o Regime de Tributação Unificada (RTU) criado pela lei que já está em vigor, no papel, desde janeiro de 2009.

Os argumentos de problemas na infraestrutura são só desculpas para continuar postergando a norma tributária”, afirmou McLeod. “Quando reassumir o cargo, vou iniciar uma ofensiva. Vamos exigir ao governo paraguaio que assuma uma posição para que o RTU seja finalmente aplicado”.

Tudo indica que o Brasil quer que continuem as atividades ilegais na fronteira e, por isso, opõe-se à formalização do sistema comercial”, avaliou a prefeita, referindo-se à demora para aplicar a nova lei e, por outro lado, aos constantes investimentos em fiscalização e repressão na fronteira com o Paraguai.

A previsão mais recente sobre a data de aplicação do RTU citava o mês de março de 2011, porém, desde outubro, não há qualquer novidade sobre o tema. Com o novo regime, os atuais sacoleiros poderão abrir microimportadoras e, assim, importar legalmente, pagando alíquota única no valor de 25%.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Para repórter da Band, comprar em CDE é financiar o crime

06.12.10 - “Quem compra [no comércio de Ciudad del Este] acha que está fazendo um bom negócio, só que na verdade, está financiando o crime organizado”. Foi o que afirmou, em matéria recheada de clichês e generalizações, o repórter Sandro Barboza, da Band. Mais...

Cúpula do Mercosul trará reforço na fiscalização

06.12.10 - Marcada para os próximos dias 16 e 17, a Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Países-Associados, que trará a Foz do Iguaçu governantes de 12 países e delegações de outros 23, terá como consequência o reforço do patrulhamento fronteiriço. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.