sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Roda de Tererê - 17/12/10

Fronteira fechada

A quinta-feira (16) foi de confusão nos arredores da capital paraguaia, Asunción, na fronteira entre Puerto Falcón (Paraguai) e Clorinda (Argentina). De acordo com o jornal ABC Color, caminhoneiros e trabalhadores informais fecharam o acesso à fronteira, por cerca de três horas, para protestar contra a excessiva burocracia e a lentidão na fiscalização realizada pelos aduaneiros argentinos. Na semana passada, o trânsito entre Clorinda e Falcón esteve parcial ou totalmente interrompido durante quase dois dias.

Assaltante ferido

Terminou mal o assalto a uma casa lotérica da Vila “A”, ocorrido no início da tarde desta quinta-feira (16). Os dois marginais, que fugiram em uma moto paraguaia, foram perseguidos por um segurança da lotérica e houve troca de tiros pelas ruas da região da AKLP, notoriamente residencial. A perseguição acabou na Avenida Tancredo Neves, quando os marginais (um deles, ferido com a própria arma) caíram no asfalto e uma viatura interviu. Um deles fugiu, porém, deixou para trás seus documentos de identificação.

Ameaças de bomba

Dia agitado, também, devido às ameaças de bomba ao edifício central do Poder Judiciário, em Asunción, e ao Hospital Nacional da cidade de Itauguá, vizinha à capital paraguaia. No caso do Judiciário, um telefonema anônimo, feito por um suposto membro do grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio - EPP” (que anda meio sumido nas últimas semanas), alertava sobre um suposto artefato explosivo deixado no local. O edifício foi esvaziado e a polícia encontrou, apenas, um pacote de erva para tererê.

Segunda ponte

Está previsto para hoje (17), logo após o encerramento oficial da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Países Associados, no Hotel Bourbon, o protesto convocado por ambientalistas e ativistas contrários à construção da segunda ponte Brasil / Paraguai nas imediações do Marco das Três Fronteiras. A manifestação é coordenada pelo “Movimento das Águas Grandes”, que alega impactos ambientais e paisagísticos na confluência dos rios Paraná e Iguaçu e defende a mudança a um local mais ao norte.

Audiência adiada

A pedido do promotor Francisco de Vargas, representante do Ministério Público, foi adiada a audiência marcada para ontem (16), na qual o brasileiro Jarvis Pavão e o paraguaio Carlos Antonio Caballero (Capilho), ambos, requeridos pela justiça brasileira por acusações relacionados ao narcotráfico, seriam levados à presença do juiz Pedro Darío Portillo para instrução sobre os processos pendentes na justiça paraguaia. Em ofício ao juiz, Vargas alegou sobrecarga de trabalho.

Arrastão governista

A aliança entre o Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA) e a União Nacional dos Cidadãos Éticos (UNACE), do sempre no meio Lino Oviedo, continua a render frutos no Parlamento paraguaio. Nesta quinta-feira (16), foram empossados em seus respectivos cargos o novo titular da Controladoria-Geral da República, Oscar Rubén Velázquez Gadea, e os novos membros da Corte Suprema de Justiça, Luis María Benítez Riera e Gladys Bareiro de Módica. Tais nomeações são resultado direto do pacto PLRA / UNACE.

Frase do Dia

Entendemos que a consolidação dos direitos fundamentais e benefícios que nossos cidadãos gozarão em sua qualidade de cidadãos do Mercosul não só contribuirá à consolidação do mecanismo de integração, mas, fundamentalmente, dará um tratamento para que nos sintamos partícipes e beneficiários das conquistas já alcançadas e ainda por alcançar - Héctor Lacognata, chanceler paraguaio, ao defender a integração social no Mercosul e a necessidade de continuar avançando neste processo.

(Por Guilherme Dreyer Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br)

Para contribuir com as discussões da coluna, utilize o espaço de comentários ou envie um e-mail para sopabrasiguaia@gmail.com. Comentários com teor desrespeitoso ou ofensivo serão apagados. Para ler as edições anteriores, clique aqui ou consulte o arquivo no menu lateral. Passa a cuia, che ra’a!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.