quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

WikiLeaks: embaixador traçou perfil de Fernando Lugo

22.12.10 - Apesar da forte pressão dos Estados Unidos, o site WikiLeaks, que para prevenir-se de ataques virtuais, já conta com mais de 500 clones, continua a divulgar documentos secretos que estão deixando o governo de Washington em uma complicada saia-justa.

Imagem: Presidência da República (Arquivo)

A nova revelação referente ao Paraguai é a divulgação de um telegrama diplomático datado de 19 de maio de 2008 (um mês após a vitória eleitoral de Fernando Lugo), assinado pelo então embaixador estadunidense em Asunción, James Cason, traçando um completo perfil sobre o presidente paraguaio.

No documento, Cason descreve as origens de Lugo como homem público, suas raízes familiares, sua trajetória como sacerdote católico, a vinculação com grupos camponeses e, até mesmo, as já então visíveis desavenças com o vice Federico Franco, bem como a necessidade de firmeza para gerenciar os conflitos.

O presidente eleito [...] precisará de sua diversa trajetória para governar o Paraguai e manter unidos os variados interesses representados em sua coalizão política”, avaliou o embaixador, que averiguou, também, os rumores de que Lugo teria vínculos com Hugo Chávez ou com a guerrilha colombiana.

O ponto mais polêmico do informe, no entanto, é aquele no qual Cason relata que, no ano de 2004, Lugo teria tido acesso a informações sobre o sequestro de Cecília Cubas (filha do ex-presidente Raúl Cubas, assassinada durante o cativeiro) e repassado tais informações às autoridades, que pouco ou nada teriam feito para averiguá-las.

Nesta terça-feira (21), em nota oficial divulgada pela agência pública IP Paraguay, a assessoria do presidente desqualificou esta parte do informe e negou que Lugo tenha tido os encontros citados pelo embaixador, que teria baseado-se em boatos para escrever as linhas em questão.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Documento revela espionagem dos EUA na fronteira

29.11.10 - Terror dos serviços de inteligência ao redor do mundo, o site colaborativo WikiLeaks divulgou, neste domingo (28), uma nova leva de documentos secretos que revelam, entre outros pormenores, a ativa espionagem dos Estados Unidos na Tríplice Fronteira. Mais...

Para EUA, PF “mascara” combate ao terrorismo

30.11.10 - Entre os mais de 250 mil documentos confidenciais estadunidenses, divulgados pelo site WikiLeaks no último domingo (28), vários deles fazem referência ao Brasil e, em especial, à presença de “terroristas islâmicos” na região da Tríplice Fronteira. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.