segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Xenofobia na Argentina preocupa Paraguai

13.12.10 - A Argentina vem vivendo, nos últimos meses, uma série de episódios de xenofobia contra imigrantes paraguaios e bolivianos residentes na região de Buenos Aires. Tal situação agravou-se, na semana passada, com a morte de três estrangeiros durante a desocupação de uma área invadida.

Em declarações à imprensa, Mauricio Macri, prefeito de Buenos Aires, associou a presença dos imigrantes à questão do crime organizado e da “favelização” de áreas da periferia e da região metropolitana da populosa capital argentina.

Parece que a cidade de Buenos Aires precisa encarregar-se dos países vizinhos e isso é impossível. Todos os dias chegam de 100 a 200 pessoas novas na cidade, que não sabemos quem são, das mão do narcotráfico e da delinquência”, afirmou Macri, desatando a fúria dos imigrantes.

A infeliz declaração do prefeito bonaerense repercutiu, também, no Paraguai, onde entidades demonstraram seu repúdio ao episódio e solicitaram ao governo de Asunción a adoção de medidas diplomáticas para resguardar a honra dos cidadãos do país.

A repercussão negativa foi comentada, também, pela presidente Cristina Kirchner, que pediu “desculpas aos países irmãos que tenham sentido-se ofendidos” e afirmou não estar disposta “a que a Argentina entre para o clube de países xenófobos do planeta”.

Uma das manifestações mais visíveis de xenofobia contra paraguaios e bolivianos é demonstrada pela torcida do Independiente, clube de Avellaneda que, na semana passada, tornou-se campeão da Copa Sulamericana ao vencer, nos pênaltis, a equipe do Goiás.

Costumeiramente, torcedores do Independiente (clube que tem como maior ídolo, curiosamente, o paraguaio Arsenio Erico) costumam levar às arquibancadas bandeiras ou objetos alusivos ao Paraguai e à Bolívia, como forma de insultar torcedores rivais pejorativamente apelidados de “paraguaios” e bolivianos”.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Brasil busca solução para impasse Paraguai / Argentina

10.12.10 - Ante a ameaça paraguaia de não participar da cúpula semestral do Mercosul, em função dos mais de sete mil containeres do país “encalhados” nos portos argentinos, o governo brasileiro está em busca de intermediar uma solução para o impasse. Mais...

Para ABC Color, Itaipu discrimina empresas paraguaias

10.12.10 - Na opinião do jornal ABC Color, ao contratar, de maneira direta, uma empresa de engenharia estabelecida no Brasil, Itaipu estaria discriminando empresas paraguaias nas obras da futura linha de 500 KV entre a hidrelétrica do rio Paraná e a região de Asunción. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.