domingo, 23 de janeiro de 2011

As 10 + da Imprensa Paraguaia – de 16/01 a 22/01

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

1. ¡Jornal localiza dançarinos que viraram hit na internet!

Eles são um dos maiores sucessos da história da internet no Paraguai (embora, até a semana passada, não soubessem disso). Em 17/01, o Diário Popular descobriu quem são as duas figuraças que saracoteiam no vídeo abaixo, remixado ao som de “No Speak Americano”, do duo australiano Yolanda Be Cool:

Clique na seta para reproduzir o vídeo

Moradores de Yataity, extremo sul do Paraguai, Leona Ramírez e Alfonso Saucedo contaram que os agora famosos passos de dança foram dados em uma escola local, durante festa filmada por uma professora. Publicitários de uma agência de Asunción querem contratá-los para uma propaganda.

2. ¡Airbags turbinados salvam modelo paraguaia!

Se você é daqueles que pensam que silicone tem apenas finalidade estética, deveria bater um papo com a modelo paraguaia Rocío Núñez. Em entrevista ao Diário Crónica (21/01), a modelo contou que bateu o carro e foi salva pela protuberância. “Não aconteceu nada, meus peitos me protegeram para eu não bater a cara e nem a cabeça”, afirmou Núñez, em misto de brincadeira e alívio.

3. ¡Dançarinas eróticas queixam-se de concorrência desleal!

As bailarinas eróticas Blanca Cabrera e Mariana Rodríguez eram a grande atração da noite em um balneário de San Lorenzo, região metropolitana de Asunción. Não contavam, no entanto, que durante um concurso de reggaeton, “garotas dispostas a mostrar até a consciência” (Crónica, 18/01) subiriam o palco e, mamadas, comandariam o show... DE GRAÇA! Em outras palavras, concorrência desleal.

4. ¡Zeladoras lavam roupa de hospital em uma pocilga!

Infecção hospitalar? Bobagem! Em Presidente Franco, cidade paraguaia da Tríplice Fronteira, zeladoras de um dos maiores hospitais públicos da cidade lavam roupa de cama e demais peças do centro médico, à mão, em um insalubre local descrito pelo Diário Vanguardia (19/01) como “uma pocilga”. Luis Chávez, diretor do hospital, não foi encontrado para comentar a situação.

5. ¡Delinquência juvenil é “falta de quartel”, afirma general!

Explicação para os cada vez mais altos índices de delinquência juvenil no Paraguai? Segundo o general Waldino Acuña Lugo, o problema é a “falta de quartel”. “Falo isso e a polícia sabe. Por que tantos 'cavalos loucos'? Por que tanta delinquência juvenil?”, questionou-se o militar, em entrevista ao jornal ABC Color (20/01). “Porque os jovens já não vão para o quartel”, arrematou.

6. ¡Jogador de futsal perde a cabeça e dá facada em torcedor!

Se Jorge Luis Torales Ibarrola estiver jogando contra seu time em uma partida de futsal, pense bem antes de insultá-lo. De acordo com o Diário Vanguardia (17/01), Torales não aguentou a provocação da torcida e, no final do jogo, cravou uma facada no abdome do torcedor Arnaldo Acosta Fernández, que faleceu devido ao ferimento. A pancadaria, que começou no ginásio, espalhou-se pelas ruas de Mallorquín.

7. ¡Semáforo “colorido” confunde motoristas em Asunción!

Um show de cores em pleno semáforo. Em Asunción, motoristas que transitam pelo cruzamento das avenidas Santa Teresa e Madame Lynch precisam confiar no instinto para saber em qual luz verde atravessar. Segundo o jornal ABC Color (20/01), um dos semáforos da esquina em questão exibe, simultaneamente, a luz verde e a vermelha. Para conferir o flagra, clique aqui.

8. ¡Ladrões usam pátio da polícia como depósito!

Era só o que faltava! Em Capiatá, região metropolitana de Asunción, ladrões mais do que espertos estão usando o pátio da Polícia Nacional do Paraguai para “estocar” veículos roubados e deixá-los em segurança enquanto esperam para retirá-los. O pátio, de acordo com o Diário Popular (17/01), está semi-abandonado e tomado pelo matagal, transformando-se, também, em ninho de cobras e outros animais.

9. ¡Bandidos voadores demonstram habilidade em Encarnación!

Serão pássaros? Aviões? Ou, simplesmente, bandidos voadores? Na cidade de Encarnación, extremo sul do Paraguai, criativos marginais subiram ao telhado de uma farmácia, abriram um buraco para entrar, esvaziaram o caixa da empresa e fugiram pela mesma abertura. O crime foi cometido na calada da noite e a polícia não tem pistas sobre os alados espertalhões.

10. ¡Helicópteros da polícia paraguaia não têm rádio!

Em 16/01, o jornal ABC Color publicou que os novos e modernos helicópteros adquiridos pela Polícia Nacional do Paraguai contam com vários recursos ultramodernos, mas não possuem rádio comunicador. No dia seguinte, José María Cervera, delegado do grupamento aéreo da polícia, desmentiu a informação, admitindo, no entanto, que os rádios das aeronaves “não encontram-se modulados”.

Mais de 2,6 mil pérolas da imprensa paraguaia? Clique aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.