segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Atentado a bomba deixa quatro feridos no Paraguai

17.01.11 - O Paraguai foi “sacudido”, no final da noite de ontem (16), por um atentado a bomba ocorrido na pequena cidade de Horqueta, região centro-norte do país, tendo como alvo uma viatura da Polícia Nacional tripulada por quatro agentes da delegacia local.

Imagem: ABC Color

De acordo com o jornal ABC Color, por volta das 23h00, um telefonema anônimo, relatando uma suposta ocorrência, fez com que os policiais Rufino Argüello, Nery Rivarola, Marcial Bazán e Juan López embarcassem na viatura e deixassem a delegacia.

Quando a caminhonete passou pelo portão, no entanto, uma bomba caseira, guardada, aparentemente, dentro de uma mochila deixada nas proximidades, detonou subitamente. A onda expansiva provocou severos estragos na viatura, deixando os quatro ocupantes feridos, dois deles, em estado grave.

Ainda durante a madrugada, os agentes foram transferidos ao Hospital Policial Rigoberto Caballero, em Asunción. Rufino Argüello ingressou ao centro médico com quadro de traumatismo craniano. Juan López, com lesões oculares que o deixam com o risco de ficar cego para o resto da vida.

O atentado, cuja autoria é reivindicada pelo grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP” (que deixou um comunicado nos arredores da delegacia atacada), ocorre em coincidência com o primeiro aniversário da libertação do pecuarista Fidel Zavala, sequestrado pelo EPP em 2009 e libertado em 2010.

No comunicado, o EPP afirma que vingará a morte de “camaradas” abatidos em confrontos com a polícia, e faz novas ameaças às autoridades e à imprensa. Rafael Filizzola, ministro do Interior, deslocou-se à região de Horqueta e ordenou, ainda na madrugada de hoje (17), caçada intensiva aos membros do grupo.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Governo paraguaio divulga novas fotos do EPP

29.12.10 - O governo do Paraguai divulgou, nesta terça-feira (28), novas fotografias descobertas em um dispositivo portátil e um notebook, mostrando imagens do cotidiano do grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP”, que atua no centro-norte do país. Mais...

Vice-presidente afirma que Lugo cairia em duas horas

29.12.10 - Preocupado com as ameaças feitas por supostos membros do grupo insurgente “Exército do Povo Paraguaio – EPP” e pelas mudanças ordenadas pelo presidente Lugo em sua segurança, o vice-presidente Federico Franco fez novas e polêmicas declarações. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.