terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Escassez leva ao contrabando de cimento na fronteira

19.01.11 - Problema que arrasta-se, sem solução no horizonte, desde meados de 2008, a escassez de cimento no Paraguai, provocada pela ineficiência da estatal Indústria Nacional do Cimento (INC), está levando ao contrabando do produto nas regiões de fronteira.

Imagem de arquivo

De acordo com o Diário Vanguardia, para evitar que obras fiquem paradas devido à escassez, construtores e atravessadores de Ciudad del Este e municípios vizinhos estão “importando” cimento do Brasil e da Argentina, países onde, apesar de não haver abundância, os sacos ainda encontram-se à venda.

Como exemplo, o Vanguardia estampou, em sua edição de segunda-feira (17), fotografia de um caminhão circulando pelos arredores da capital do Alto Paraná, carregado com cimento da marca “Loma Negra”, procedente da Argentina e adquirido, possivelmente, na cidade de Puerto Iguazú.

A especulação gerada pela procura maior do que a oferta fez com que o preço do cimento comum disparasse no Paraguai, tornando-se mais caro que nos vizinhos Brasil e Argentina.

Segundo o governo paraguaio, que determinou auditoria na INC e empresas distribuidoras para verificar denúncias de desvios e pagamentos de propinas para a obtenção privilegiada do insumo, o problema maior não estaria na INC, mas, sim, na rede de distribuição.

Em Ciudad del Este e Salto del Guairá, principais polos de construção da região leste do Paraguai, obras estão paradas ou são construídas em ritmo lento, em função da dificuldade de obter cimento e itens básicos que, por sua vez, precisam ser trazidos dos países vizinhos.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Aduana paraguaia quer implementar controle integrado

17.01.11 - A Direção Nacional das Aduanas (DNA), do Paraguai, anunciou neste final de semana que pretende, para 2011, implementar o sistema de “Controle Integrado de Fronteira”, previsto em resolução do Mercosul, em suas fronteiras com o Brasil e a Argentina. Mais...

Aduana paraguaia fará monitoramento via satélite

12.01.11 - A Direção Nacional das Aduanas (DNA), do Paraguai, dará início no mês de fevereiro à aplicação de um projeto-piloto para o monitoramento, em tempo real, do deslocamento de containeres com mercadorias procedentes ou destinadas ao país. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.