sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Número de homicídios diminui em Foz do Iguaçu

07.01.11 - A Polícia Civil de Foz do Iguaçu divulgou, na última quarta-feira (05), seu balanço oficial sobre os crimes contra a vida na Terra das Cataratas em 2010. No total, 191 mortes violentas foram registradas, sendo 172 homicídios, 16 mortes em confrontos com a polícia e três casos de latrocínio.

O volume, apesar de alto, representa queda de 3,1% em comparação com 2009 e significativo decréscimo em relação a 2006, ano em que 328 pessoas perderam a vida de forma violenta em Foz do Iguaçu. No tocante apenas a homicídios, trata-se do menor índice desde 2003.

Outro número que chama a atenção é o da resolução de casos: em 101 dos crimes, os autores foram indiciados e, vários deles, encontram-se presos ou apreendidos (menores de idade). Em 2009, foram apenas 88 casos esclarecidos, o que denota melhoria no trabalho policial.

Considerada uma das cidades mais violentas do país (em índice que divide o total de habitantes pelo número de mortes violentas), Foz do Iguaçu recebeu, nos últimos quatro anos, pesados investimentos na área de segurança pública, com o envio de mais viaturas e policiais para o patrulhamento das ruas.

A solução para o problema da violência, porém, passa por medidas de integração com os países vizinhos e de desenvolvimento conjunto da Tríplice Fronteira, como forma de gerar empregos e reduzir, de vez, os “atrativos” oferecidos pelo crime organizado.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Foz do Iguaçu fatura o “bi” em homicídios na adolescência

09.12.10 - Foz do Iguaçu pode não ser potência em matéria de esportes, mas, quando o assunto é criminalidade, a cidade não para de destacar-se. Nesta quarta-feira (08), a Terra das Cataratas faturou seu bicampeonato na categoria “homicídios na adolescência”. Mais...

Foz e Guaíra continuam na rota do tráfico de armas

22.12.10 - Dos municípios paranaenses que fazem fronteira com o Paraguai, dois deles aparecem na lista de 17 localidades brasileiras apontadas pela CPI da Violência Urbana como portas de entradas para o tráfico de armas e munições no Brasil: Foz e Guaíra. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.