segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Polícia Turística divulga balanço de denúncias

10.01.11 - Criada para atender aos turistas que visitam a região fronteiriça e cruzam a Ponte da Amizade para fazer compras no Paraguai, a Polícia Turística de Ciudad del Este divulgou, neste final de semana, o balanço das denúncias recebidas ao longo de 2010.

Imagem de arquivo

De acordo com o balanço, distribuído pelo delegado Víctor Acosta, foram 89 denúncias de fraudes cometidas por comerciantes contra compristas, além de 13 casos de furto no interior de vans e veículos do transporte alternativo, 11 pedidos de propina e seis casos de apropriação indevida.

A Polícia Turística contabilizou, ainda, cinco denúncias de furto ou “troca de mercadorias” no setor de entrega das lojas e cinco casos de assaltos a turistas em vans ou táxis. Os boletins de ocorrência, devidamente registrados, foram encaminhados ao Ministério Público para as providências cabíveis.

Em entrevista ao jornal La Nación, o delegado Acosta referiu que, nos últimos seis meses, o número de denúncias diminuiu, o que pode indicar, neste sentido, a redução dos casos de fraudes. Um dos golpes mais comuns, segundo o policial, é a entrega de mercadoria diferente da prometida.

Por exemplo, mostram ao turista uma máquina e definem o preço, mas logo mostram outra e dizem que custa um pouco mais, mas que é melhor, tem mais funções, e vendem a segunda. Ao sair da loja, o turista se dá conta de que a máquina não tem a qualidade prometida e é pior do que aquela que queria”, relatou.

Na maioria dos casos, essas denúncias de fraudes são difíceis de provar, porque na nota emitida pela loja consta o produto que o turista efetivamente adquiriu, ou seja, o vendedor simulou as qualidades de forma verbal, mas não há registro escrito da fraude”, apontou Acosta.

O delegado fez um alerta, ainda, para os casos em que lojistas adulteram o valor da compra via cartão de crédito (ao exibir cifras em guaranis) e para as “substituições” de produtos por caixas com pedras ou garrafas de água mineral, no interior de vans que fazem a travessia entre Ciudad del Este e Foz do Iguaçu.

Um fato positivo destacado por Acosta, porém, é a diminuição no valor das fraudes. “Antes, o prejuízo chegava a US$ 1.000,00 e inclusive a US$ 5.000,00 ao denunciante. Agora, são casos de US$ 300,00 ou US$ 400,00”, analisou o delegado, cujo posto de controle fica na aduana paraguaia da Ponte da Amizade.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Turistas brasileiros são vítimas do “Golpe do DVD”

27.12.10 - Dois turistas brasileiros denunciaram à Polícia Turística de Ciudad del Este terem sido vítimas do “Golpe do DVD”, no qual supostos vendedores, que abordam os desavisados na rua, oferecem aparelhos de DVD automotivo a preços incrivelmente “sedutores”. Mais...

Governo paraguaio entrega nova viaturas à polícia

27.12.10 - Dando prosseguimento a seu plano de reaparelhamento da Polícia Nacional, o governo do Paraguai entregou, na última sexta-feira (24), 203 novas viaturas e motos à corporação, além de um caminhão-cisterna, 160 fuzis e 1,5 mil pistolas. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.