terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Prefeita de Ciudad del Este quer penalizar porcalhões

04.01.11 - Preocupada com a péssima imagem provocada pela poluição visual em postes, passarelas e outras construções públicas no perímetro da cidade, a prefeita de Ciudad del Este, Sandra McLeod, analisa mudar algumas das ordenanças municipais sobre o tema.

Imagem: Diário CDE

De acordo com o Diário CDE, o objetivo é evitar que monumentos e logradouros continuem a ser “decorados” com panfletos e outros cartazes espalhados, especialmente, em épocas de campanhas políticas como a vivida nas eleições municipais do último mês de novembro.

Estou solicitando [à Câmara Municipal] modificar uma ordenança, vou apresentar o projeto para que seja modificada, para que em nenhum caso poderá ser colocado ou grudado nada em um bem público, nenhum tipo de publicidade que possa sujar a cidade”, afirmou a prefeita.

Estamos embelezando novamente Ciudad del Este, vamos continuar com nosso trabalho de inclusão, coordenando ações com todos, para que a cidade esteja limpa durante as 24 horas, estamos idealizando um projeto que será felicitado nacional e internacionalmente”, antecipou.

Além da panfletagem em espaços públicos, a capital do Alto Paraná enfrenta, atualmente, graves problemas devido ao deficiente sistema de coleta de lixo, que faz com que montanhas de dejetos sejam acumuladas, justamente, nas áreas de maior circulação de turistas.

Por conta disso, a cidade costuma ser associada, no imaginário de turistas brasileiros e argentinos, a um lugar sujo e desordenado, onde predomina o caos no trânsito e nas passarelas e sem quaisquer atrativos turísticos além dos bons preços e da variedade de produtos disponibilizada pelo comércio local.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

CDE ganhará loja com produtos da marca “Paraguay”

03.01.11 - Visitada diariamente por multidões de brasileiros e argentinos, Ciudad del Este deve ganhar, ainda em janeiro, uma loja temática com produtos da marca “Paraguay”, licenciados pela Secretaria Nacional do Turismo e desenvolvidos pela empresa Proyack. Mais...

Lojista da fronteira troca venda de computadores por vacas

03.01.11 - Sócio-proprietário da loja de informática Icompy e dirigente da Câmara de Comércio da Tecnologia da Informação (CCTI), o imigrante oriental Sin Yu Wei, mais conhecido como Alex Wei, deu um giro radical em suas atividades empresariais. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.