terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Roda de Tererê - 04/01/11

Movimento na 277

A concessionária Ecocataratas contabilizou na BR-277 entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, no feriadão de Ano Novo (29/12 a 02/01), aumento de 12,4% no total de veículos que passaram pelas cinco praças de pedágio do setor. De acordo com os dados, foram 228 mil veículos, com destaque para 02/01, quando nos horários de pico o ritmo foi superior a 4,3 mil por hora. Durante todo o feriadão, foram registrados 27 acidentes, com 16 pessoas feridas e a morte de uma pessoa.

Topa tudo por Venezuela

No afã de aprovar a entrada da Venezuela ao Mercosul ainda no primeiro semestre de 2011, o presidente Fernando Lugo teria aberto negociações com o Partido Colorado, em rumor que tomou conta dos corredores e ganhou as páginas dos jornais nesta terça-feira (04). Em troca dos votos colorados no Congresso, Lugo ofereceria ao antigo partido governista o preenchimento do cargo de Promotor-Geral do Estado. O presidente paraguaio nega a existência de tais conversas.

Interesse coreano

Em reunião com o presidente Fernando Lugo nesta segunda-feira (03), o primeiro-ministro da Coreia do Sul, Hwang Sik Kim, assinou uma série de termos e acordos de cooperação bilateral e declarou o interesse de empresários de seu país no projeto de terceirização da gestão dos três principais aeroportos do Paraguai, entre eles, o Aeroporto Internacional Guaraní, na região de Ciudad del Este. Sindicalistas do setor aeroviário são contrários à entrega dos terminais à iniciativa privada.

Deputado caçador

Três dias depois da primeira denúncia, policiais da delegacia de Naranjal finalmente enviaram ao Ministério Público o boletim sobre o caso em que o deputado liberal Nelson Segovia, de Presidente Franco, foi encontrado em uma reserva indígena pertencente à comunidade Aché, em suposta prática de caça ilegal. De acordo com o Diário Última Hora, a ocorrência foi encaminhada à sede do Ministério Público em Iruña, ao sul de Ciudad del Este. A investigação estará a cargo da promotora María del Carmen Meza.

Mudanças no governo

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, anunciou ainda em 2010 que está analisando mudanças em seu gabinete para 2011. Tais mudanças, entretanto, são guardadas a sete chaves, com o mandatário paraguaio declarando, à imprensa, não ter pressa em realizá-las. Um dos nomes na corda bomba é o do secretário da Ação Social, Pablino Cáceres, que seria “transferido” a uma das diretorias da binacional Yacyretá. Eugenio Alonso, titular do instituto responsável pela reforma agrária, é outro dos nomes mais ameaçados.

Machismo estatal

O Estado paraguaio é machista pela própria natureza. De acordo com um estudo realizado pela Secretaria do Funcionalismo Público (SFP), apesar de as mulheres serem maioria (52%) nos postos de trabalho da estrutura estatal, são raros os casos de repartições chefiadas por funcionárias do sexo feminino. Outra constatação efetuada pelos pesquisadores é que grande parte destas mulheres encontra-se em funções ligadas à saúde (enfermeiras e auxiliares) e à docência (professoras e secretárias).

Frase do Dia

Os direitos humanos são maravilhosos, cumpridos com os que têm direito e descumpridos para com aqueles que são pobres - Francisco de Paula Oliva (Pa'i Oliva), sacerdote católico, sobre a observância dos direitos humanos no Paraguai e no mundo.

(Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br)

Para contribuir com as discussões da coluna, utilize o espaço de comentários ou envie um e-mail para sopabrasiguaia@gmail.com. Comentários com teor desrespeitoso ou ofensivo serão apagados. Para ler as edições anteriores, clique aqui ou consulte o arquivo no menu lateral. Passa a cuia, che ra’a!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.