sábado, 8 de janeiro de 2011

Roda de Tererê - 08/02/10

Retorno ibérico

A Direção Nacional de Aviação Civil (DINAC), do Paraguai, espera contar, para 2011, com o retorno ao país da companhia espanhola Iberia, operando voos no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi, região metropolitana de Asunción, e com escala na cidade argentina de Córdoba para conectar-se com a rota que segue em direção a Madrid. Ausente do Paraguai desde 1996, a Iberia está, neste momento, analisando a viabilidade de seu regresso, uma vez que o mercado paraguaio é considerado pequeno.

Asfalto na pista

Em relatório divulgado na semana que se encerra, o Ministério de Obras Públicas e Comunicações (MOPC), do Paraguai, informou que asfaltou, nos anos de 2009 e 2010, 1.005 quilômetros de rodovias e caminhos internos, realizando, ainda, o recapeamento ou manutenção de outros 4.685 quilômetros. A título de comparação, o MOPC refere que no biênio 2007-2008, ocupado, quase que inteiramente, pelo governo de Nicanor Duarte Frutos, foram 94 quilômetros de asfalto e 376 de recapeamento.

Cabos subterrâneos

O governo do Paraguai está articulando, entre as instituições envolvidas, a retirada dos cabos aéreos e sua substituição por cabos subterrâneos no centro histórico de Asunción, como forma de melhorar o aspecto do local e impulsionar os planos de recuperação turística e comercial da hoje decadente área central da capital paraguaia. Além dos cabos da Administração Nacional de Eletricidade (ANDE) e da Companhia Paraguaia de Comunicações (COPACO), há, também, cabos de televisão por assinatura.

Ultimato camponês

Camponeses do departamento (estado) de San Pedro deram, na última quinta-feira (06), um “ultimato” ao governo de Fernando Lugo, como forma de pressionar pela compra das terras pertencentes ao brasileiro Ulisses Rodrigues Teixeira na região centro-norte do Paraguai, para a instalação de um assentamento-modelo. José Rodríguez, Eulálio López e Virgilio Benítez, líderes do “levante” contra o governo, dão “prazo” até o dia 15 para que a questão seja definida (com resposta favorável aos camponeses, óbvio).

Buraqueira geral

O asfalto das principais ruas e avenidas de Foz do Iguaçu está minado de buracos. No lado paraguaio da fronteira, a situação é igual ou pior, com motoristas queixando-se do péssimo estado de conservação das vias públicas de Ciudad del Este e das vizinhas Presidente Franco e Hernandarias. De acordo com o Diário Vanguardia, nem mesmo a Supercarretera, construída por Itaipu com pavimento mais resistente do que o normal, escapa da buraqueira que traz prejuízos aos automobilistas.

Boleiros na telinha

Embarcado na febre dos reality shows, o canal Telefuturo deu início, na última quinta-feira (06), a um programa sobre a vida de jogadores de futebol, monitorados pelas câmeras durante as principais atividades de seu dia a dia. Os escolhidos para a primeira (e, quem sabe última) edição são os jogadores Pablo Velázquez (Libertad), Wilson Quiñónez (Sport Colombia) e Luis Caballero (Olimpia), além de outros atletas que serão apresentados ao público ao longo dos próximos episódios.

Frase do Dia

Yacyretá, do jeito que está, é a casa da mãe Joana - Fernando Oreggioni, deputado paraguaio, sobre as pendências históricas e atuais indefinições quanto à hidrelétrica Paraguai / Argentina em fase de finalização no rio Paraná.

(Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br)

Para contribuir com as discussões da coluna, utilize o espaço de comentários ou envie um e-mail para sopabrasiguaia@gmail.com. Comentários com teor desrespeitoso ou ofensivo serão apagados. Para ler as edições anteriores, clique aqui ou consulte o arquivo no menu lateral. Passa a cuia, che ra’a!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.