quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Comitiva visitará detentos brasileiros no Paraguai

02.02.11 - Detidos no Paraguai por crimes como tráfico de drogas, roubo e homicídio, cerca de 60 homens e 12 mulheres de nacionalidade brasileira, recluídos na região de Ciudad del Este, receberão na próxima sexta-feira (04) a visita de autoridades e ativistas da área de direitos humanos.

Foi o que informou, nesta quarta-feira (02), Samuel de Abreu, presidente da Missão Liberdade de assistência aos encarcerados. A visita, que conta com o apoio do Consulado-Geral do Brasil em Ciudad del Este e da Ordem dos Advogados do Alto Paraná, terá início a partir das 10h00 (hora brasileira).

O roteiro inclui a Penitenciária Regional de Ciudad del Este (masculina) e a Penitenciária Juana María de Lara (feminina), que concentram grande parte da população carcerária no lado paraguaio da fronteira.

Os locais, superlotados ou com graves carências estruturais, abrigam detentos que, em muitos casos, sequer foram formalmente acusados pelos crimes que lhes são atribuídos, em situação que viola, também, os direitos humanos dos paraguaios e demais estrangeiros recluídos nas unidades.

No caso dos brasileiros, uma das intenções dos ativistas é a criação de um Conselho Cidadão, cuja sede será instalada nas dependências do Consulado-Geral do Brasil. A participação, na visita e no conselho, é aberta aos interessados e pode ser confirmada através do fone (45) 9114-4914.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Lugo ordena fechamento de maior penitenciária do Paraguai

04.01.11 - “Cemitério de homens vivos”. Conhecida por esta nada gentil alcunha, a Penitenciária Nacional de Tacumbú, situada na periferia da capital paraguaia, Asunción, será definitivamente fechada, por ordem do presidente Fernando Lugo, até o final de 2012. Mais...

Cadeia de Ciudad del Este pode ser desativada

27.12.10 - Superlotada e caindo aos pedaços. Assim é a Penitenciária Regional de Ciudad del Este, que abriga três vezes mais detentos que sua capacidade e pode, até o final de 2012, ser desativada graças aos planos de construção de uma nova unidade prisional. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.