terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Tríplice Fronteira receberá Gabinete de Gestão

15.02.11 - União entre as forças federais, estaduais e municipais. Foi o que ficou definido, na semana passada, com a visita a Foz do Iguaçu da secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, para anunciar a instalação do primeiro Gabinete de Gestão Integrada (GGI).

Imagem: Agência Estadual de Notícias (AEN)

Tal gabinete, que terá como objetivo combater a criminalidade e frear o uso da região fronteiriça para atividades ilícitas, formalizará as relações já existentes entre as forças policiais e de inteligência das diferentes esferas governamentais e fortalecerá a adoção de ações integradas.

A criação do “GGI de Fronteira”, em moldes similares aos previstos no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI), será formalizada no próximo dia 26/03, em coincidência com a primeira visita oficial da presidente Dilma Rousseff ao Paraguai.

Na ocasião, Dilma não deve vir à fronteira, porém, será representada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Além da integração entre as forças nacionais, está prevista, também, a formalização de parcerias com os países vizinhos, como forma de ampliar a efetividade do combate ao crime transfronteiriço.

Neste sentido, Foz do Iguaçu será a primeira cidade fronteiriça do país a receber uma iniciativa do gênero, servindo como exemplo e laboratório às demais regiões de fronteira, que deverão contar, até 2014, com iniciativas similares nas áreas de segurança e desenvolvimento.

Por Guilherme Wojciechowski - SopaBrasiguaia.com.br

Leia Também...

Paraná criará coordenadoria para áreas de fronteira

02.02.11 - O governo do Paraná anunciou, nesta terça-feira (01), que sua Secretaria de Segurança Pública pretende criar, nos próximo meses, uma coordenadoria específica para atender os municípios de fronteira, como forma de combater os altos índices de criminalidade. Mais...

Governo Federal cria comissão para integração fronteiriça

29.12.10 - Para suprir a lacuna estatal detectada nas áreas fronteiriças, entrará em ação, a partir do próximo ano, a Comissão Permanente para o Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira, que espera trabalhar, também, em conjunto com os países vizinhos. Mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta é uma área voltada ao leitor do Sopa Brasiguaia e tem como objetivo permitir sua colaboração de maneira ágil, franca e aberta, prezando pela integridade moral de terceiros. As opiniões expressas nos comentários não representam a opinião do Sopa Brasiguaia.